Na manhã desta quinta-feira, 04/02, Servidores se fizeram presentes na Sessão do Colégio de Procuradores de Justiça. 

Ao aprovar o reajuste do auxílio alimentação dos membros, o Procurador Geral de Justiça, Rony Almeida, reafirmou a equiparação com os Servidores, anunciando conjuntamente o reajuste do auxílio alimentação destes.

Em que pese a medida ser de extrema justiça, e aliviar o impacto da alta inflação do ano de 2015 nos baixos salários dos Servidores, o reajuste dos vencimentos continua sem proposta oficial.

No entanto, o PGJ adiantou, em conversa informal com representantes do SINDSEMP, que não será possível o reajuste dos vencimentos dos cargos em comissão, bem como antecipou que estão sendo estudadas medidas para viabilizar o reajuste de 6,5% para os Servidores e 7% para os membros, sem que seja ultrapassado o limite de 2% em relação à Receita Corrente Líquida do Estado (definido na LRF).

Vale lembrar que o SINDSEMP já possui assembleia marcada para amanhã, sexta-feira, dia 05/02, às 15:00, na sede da CUT-SE, em que serão debatidas ações visando esse e outros pleitos da categoria, inclusive os que são objeto de estudo da comissão formada em novembro de 2015.