SINDSEMP lança 1ª Edição de seu informativo: “quem segura o piano também merece reconhecimento”

No dia de ontem, 24/08, o SINDSEMP começou a distribuir a 1ª edição do seu informativo, contendo textos e dados sobre o cenário de desvalorização em que se encontra o servidor efetivo no MPSE.

No Ministério Público de Sergipe, só é visto como parte integrante da instituição e, portanto, merecedor de valorização, o membro, que recebe, em média, R$ 50.000,00, conforme matéria recente da Revista Época, além de outros privilégios e prerrogativas.

Porém, poucos dão valor à importância do Servidor Efetivo para o funcionamento do órgão, desempenhando diversas atribuições que hoje se tornaram indispensáveis para que o Ministério Público possa cumprir a sua finalidade institucional, bem como prestar um bom serviço a toda sociedade.

O Servidor Efetivo é a porta de entrada de todo cidadão que vai ao MP reivindicar seus direitos!

É o servidor que, além receber e acolher bem o cidadão, redige e encaminha os ofícios para as autoridades competentes, alimenta os sistemas de dados da instituição, confecciona petições, pareceres e outras peças jurídicas, dentre outras atribuições relevantes.

Infelizmente, a importância do servidor para o órgão e, consequentemente, para sociedade é inversamente proporcional à sua valorização dentro da instituição!

Prova disso é que possuímos a pior remuneração do Brasil, a nível de Ministério Público Estadual.

Assim, visando melhorar esse cenário de injustiças e desigualdades, foi que o SINDSEMP apresentou as reivindicações da categoria para a Administração Superior do MPSE. Dentre as reivindicações, estão:
a) aumento real do vencimento base,
b) incorporação da GEO I,
c) transparência nas relotacoes e
d) implantação do banco de horas,
mas, até o presente momento, não houve diálogo por parte do Procurador Geral de Justiça, Rony Almeida.

Por essas e outras que os servidores do MPSE mandam o seu recado para administração do órgão e toda a sociedade:

 

“Estamos cansados de só carregar o piano, exigimos valorização!!!”

 

Compartilhar

COMUNICADO: Contribuição sindical do mês de agosto/2015

O SINDSEMP informa que os boletos referentes às contribuições sindicais do mês de AGOSTO/2015 foram encaminhados para os e-mails funcionais dos filiados na data de ontem, 20/08.

O boleto pode ser pago por qualquer meio (internet banking, cash eletrônico, agências bancárias) até a data de seu vencimento.

Contribua para o fortalecimento do seu Sindicato e ajude o SINDSEMP a implementar as ações da campanha de valorização da categoria!

Atenciosamente,

Diretoria Executiva

Compartilhar

Infonet divulga matéria com os baixos salários dos servidores do MPSE

 

 

No dia 08 de agosto, a Infonet publicou matéria em seu site divulgando os baixos salários dos servidores no MPSE.

A matéria contém dados levantados pelo SINDSEMP, e demonstra ao público em geral a política remuneratória do órgão, que alimenta a desigualdade e a desvalorização da categoria, demonstrando algumas das razões pelas quais o Sindicato está implementando uma grande campanha em prol da valorização do servidor efetivo do MPSE.

Leia a matéria completa clicando no link abaixo (LINK DA MATÉRIA AQUI)

(mais…)

Compartilhar

Crise pra quem?

 

 

“É bem verdade que a situação financeira do Órgão necessita de atenção especial, sobretudo em relação ao gasto com pessoal. Entretanto, os fatores acima delineados demonstram que o gasto com o Quadro Efetivo é o único que não contribuiu para o crescimento vegetativo de forma descontrolada no Órgão, uma vez que até hoje subsiste a necessidade de aumento real dos vencimentos e revisão da política remuneratória baseada em GEO I e titulações.”

Veja abaixo texto com uma análise da situação financeira do Ministério Público de Sergipe, que alega não implementar medidas reivindicadas pelos Servidores em razão da crise por que passa a instituição.

(mais…)

Compartilhar

Cadê o exemplo?

 

 

“O cenário atual no MPSE revela uma necessidade urgente de valorização da categoria não só através da adequação de sua política remuneratória, mas também do preenchimento do quadro com cargos efetivos, reconhecendo, assim, a importância, qualificação e mérito daquele que fora aprovado em concurso público, e que vê seu ingresso no quadro de servidores do MPSE como a realização de um objetivo profissional e a recompensa por anos de estudos, e não apenas um prêmio de consolo por não ter ingressado na carreira de membro ou no quadro de servidores de outro órgão.

Leia o texto completo clicando no link abaixo

(mais…)

Compartilhar

Comparativos da desvalorização

 

 

 “O Ministério Público de Sergipe possui baixíssimos salários no que se trata do quadro de servidores efetivos, a ponto da categoria depender de gratificações e avanço horizontal na carreira para chegar a receber um valor que torne viável sua permanência no cargo.

Através destes comparativos, demonstramos como a política salarial do MPSE alimenta a desvalorização do servidor efetivo, criando um cenário de desigualdade, carente de razoabilidade, em que a importância da categoria para o bom funcionamento do órgão é deixada de lado.”

TEXTO ATUALIZADO EM 13/08/2015, às 11:15 (novos dados em itálico)

(mais…)

Compartilhar